RESIDENCIAL LIBERTY, SENHORA SAIOKO UCHIDA MAEDA VERSUS BANCOOP E OAS

PPrezados leitores,

 

O caso em tela , trata-se de empreendimento do Residencial Liberty, cedido pela Bancoop para OAS.

As empresas intencionavam cobrar um valor adicional , calculado de forma unilateral , mas o contrato foi respeitado, a propaganda de venda e em segunda instancia, por unanimidade, declarou-se a obrigação de outorga da escritura e inexibibilidade de valor adicional que estava sendo cobrado por Bancoop e OAS.

 

Para maiores informações e detalhes estamos a disposição no escritório. 

 

Atenciosamente,

Luiza S. Mestieri Duckworth

 




Comentários
Fazer um comentário
Post sem Comentários
Seja o primeiro.


Voltar ao Artigo
Deixe um Comentário
   Todos os campos são obrigatório

Leilao de imoveis já O direito imobiliario
   © 2017 - MD DIREITO.

RUA HENRIQUE SCHAUMANN, 286 - CJ 104 - Pinheiros / CEP:05413-010 | Tel:(11) 2389.2212


Av. Dr. Pedro Lessa, 1920, CJ 76, Santos - SP / CEP 11025-002 | Tel.: (13) 3385-6583



Criar Loja Virtual Grátis